Essa é a pergunta que me faço sempre. Tem alguma explicação (lógica) para isso? Não precisa nem ser um bloco de papel bonito, basta ser um conjunto de folhas pra gente guardar. Guardar não, fazer coleção. O jornalista que tiver apenas um bloquinho de anotações que atire a primeira pedra! No meu caso vou mais longe: ADORO papel. A Laura me levou numa papelaria em Buenos Aires, em 2009, quando fui passar uns dias lá com ela, e ficamos loucas olhando a variedade de papéis e estampas dos mesmos. Vontade de encher o carrinho e levar tudo. Eu achei ontem na internet um site com uns blocos muito legais. (óbvio, uma jornalista não diria nada diferente disso) Eles vêm em formatos de frutas!

O meu problema seria usá-los, porque, como toda jornalista viciada em blocos que se preze, eu tenho quase pena de usar os meus. A melhor parte: você pode escolher a sua fruta preferida! Tem maçã, melancia e pêra.

Alô colegas jornalistas fotógrafos! Tem para vocês também! Dêem só uma olhada aqui:

Opções são o que não faltam se você também adora blocos. Dá uma olhada nesse site aqui.

Anúncios