Para alguns pais a hora das refeições é um dos momentos mais difíceis do dia. Depois de certa idade, as crianças começam a escolher o que querem comer, o que não é de todo ruim. A meu ver, esse é o começo da formação de opinião delas. Conversando com as mães das colegas da Duda descobri que algumas não comem quase nada em casa, mas na escola comem bem. Com a Duda, graças a Deus, minha única dificuldade é fazer ela fica sentada comendo. Tem dias que consigo resolver o problema com uma dupla bem fácil de ser encontrada: papel e caneta. Tem dias que preciso engrossar e ficar braba com ela.

Sempre ouvi que a escola e os pais devem ser complementares, já que, muitas vezes, as crianças passam a maior parte do dia na escola. Pensando nisso, resolvi adotar uma técnica nova para saber o que a Duda mais gosta de comer. Na escola, normalmente, as crianças comem tudo, já que vêem as outras comendo. Só que quando elas gostam da comida, pedem para repetir. Peguei o cardápio do mês e marquei as refeições que ela repetiu. Descobri que além de adorar massa, a Duda também gosta de sopas e risotos.

Não acredito que exista alguma criança que viva só comendo doce. Talvez os pais que reclamam da alimentação dos filhos possam prestar mais atenção nas informações que vem da escola e facilitar a tarefa. Depois que a criança estiver comendo mais tranquila, dá pra ir introduzindo outros alimentos e conversando sobre a importância dos mesmo. Mas sem nunca esquecer que os pequenos aprendem através de exemplo. Então, se você quer que seu filho coma a salada, pode começar por você.

Anúncios