Parece que a dona cegonha resolveu fazer uma visita para as minhas amigas. Então, conversando com uma das futuras mamães ontem me surgiu a ideia para este post. Juntei uns livros e filmes que eu vi durante a gravidez e depois que me ajudaram ou simplesmente me fizeram relaxar e rir um pouco das coisas que acontecem com a gente depois que viramos mães. Espero que ajude quem está na espera e quem está pensando em “fazer a encomenda” em breve. Ah! E sejam MUITO bem-vindos Sofia e Théo (que nasce depois de amanhã)!! O da outra amiga não sei ainda o nome…

LIVROS

Um clássico que acho que todo mundo já conhece: O que esperar quando você está esperando. Mês a mês o livro mostra as transformações tanto no feto (ô palavra feia!) quanto na futura mamãe. Além de ajudar a esclarecer uma série e dúvidas e, verdade seja dita, nos poupar de muitas ligações para o médico, tem um capítulo especial sobre a tão temida hora do parto (Não é tão ruim, Gabi!). No capítulo, tem questões tanto práticas quanto técnicas para nos deixar o mais à vontade possível e tranquilas para esse momento tão esperado. Esse livro ficou na minha cabeceira durante 9 meses e perdi as contas de quantas vezes o consultei.

Já falei sobre esse livro aqui, mas como estou reunindo todas as dicas para as mamães num post só não custa repetir. O Nana Nenê me salvou das noites em claro e de perder a sanidade mental (calma, gurias, nem é tão ruim assim…). Encontrei nele os argumentos que eu precisava para convencer todo mundo aqui em casa, leia-se minha mãe, de que eu precisava deixar a Duda chorar para aprender a dormir sozinha e toda a noite. Todas as mães que conheço que recorreram a esta técnica obtiveram sucesso. A uma primeira vista pode parecer desumano, mas depois de dois meses acordando no meio da noite todas as vezes, ter filho parece desumano. Acreditem em mim, eles ficam bem e nós sonhando com os anjinhos. 😉


Só quem é nova e fica grávida por acidente entende a importância de um assunto aparentemente tão fútil. Nos deixem, tá! Quem quer nos apedrejar que pule pro próximo item. Grata. Só que não tem nada mais invasivo do que ser uma grávida. A barriga vira território de ninguém, onde todos acham que podem se esfregar a hora que quiserem como se fosse sair um gênio de dentro (dica: gente, não vai sair, só um bebê depois), os exames são deveras desagradáveis, fazer uma lavagem antes do parto é bastante chato, um monte de enfermeiras estranhas participando de um momento onde a gente se contorce, grita, chora e faz força enlouquecidamente é pelo menos estranho e depois um monte de gente vindo te ver amamentar de peito de fora é o fim do glamour e da privacidade (eu nunca deixei a plateia ver este momento, já que não fico mostrando os peitos pra todo mundo na rua). Então, se preocupar em se manter pelo menos bonita é sim muito importante. O livro Mamãe Sexy eu ganhei da Gaby e me ajudou de maneira bem descontraída a passar esta fase e ver que não, eu não sou um ET por estar sentido determinadas coisas.

Ok, o bebê já saiu e o que parecia interminável terminou. Mas você olha pra baixo e não vê mais o Everest, só que em seu lugar está algo estranho e mole (se você estava grávida durante o verão provavelmente esteja algo muito mais escuro do que todo o resto do seu corpo). O que fazer? Passeando na Livraria Cultura achei este livro e resolvi comprar para experimentar. Em forma com seu bebê dá dicas de atividades que as mamães podem fazer em casa com seus filhos para recuperar a antiga aparência – ou melhorá-la ainda mais – e se sentirem melhores. Os objetos utilizados todas tem em casa e vão desde embalagem de lenços umedecidos até carrinho de bebê e bebê conforto. No final do livro a autora ensina a fazer a Shantala, massagem indiana para bebês que ajuda a acalmar, aproximar mãe e filho e melhorar o sistema digestivo.

Quando somos mães de primeira viagem, parece que todo mundo sabe tudo que tem que ser feito com o bebê, menos nós. No mesmo estilo do primeiro da lista, esse acompanha o desenvolvimento do bebê, mês a mês. além de reunir as dúvidas mais frequentes dos pais, O que esperar do primeiro ano tem uma tabela com os principais sintomas e as doenças que podem aparecer no nosso filho. Vale a pena ter na mesinha de cabeceira também.

FILMES

Esse filme eu diria que foi a história da minha gravidez na telona. Ok, não foi EXATAMENTE assim, mas muitas coisas são muito parecidas. A mãe por acidente que nunca teve um ataque com o pai da criança por imaturidade que jogue a primeira pedra. Sério, me identifiquei demais com o filme Ligeiramente Grávidos, além de dar muitas risadas e torcer pelo meu final feliz – seja com quem for. Vale para todos que estão esperando ou já tiveram para se identificar em algum momento.

Esse filme é tão bonitinho… Aqui o bebê não é deles, mas eles enfrentam todas as dificuldades de criar um filho e aprender a fazê-lo. Todos os pais de primeira viagem se identificam com as situações e com a comemoração com as pequenas conquistas como levantar e aprender a andar. Juntos pelo acaso é garantia de boas risadas para quem já teve filhos, e uma prévia do quem por aí pra quem ainda está no aguardo.

No Plano B, Jennifer Lopez faz inseminação artificial para realizar um sonho antigo, mas na saída da clínica acaba conhecendo “o amor da sua vida”. Achei divertido, ainda mais para mães solteiras como eu que acham que podem lidar com tudo sozinhas e tem tudo sob controle (um segredo: não, não temos).

SITES

Johnson’s Baby: A famosa marca de cosméticos para bebês tem um hotsite lindo e fofo com significados dos nomes, dicas, indicações de produtos e uma área onde é possível se cadastrar e receber toda a semana um email de acompanhamento da gravidez com dicas. Muito legal. Recebo até hoje, já que eles seguem acompanhando nosso filho depois que sai da barriga.

Bebê: Esse site também é muito legal e tem a área para cadastro e acompanhamento da gravidez. Também é possível participar de promoções exclusivas, fazer uma galeria de fotos do seu filho e ler matérias e dicas de especialistas.

Gurias, espero que gostem e que tenha ajudado vocês. E, Dona Cegonha, isso NÃO é um convite, ok?!

 

Anúncios